O Cartório

A Cidade de Jundiaí

O município de Jundiaí tem sua origem histórica vinculada ao povoamento do sertão de "Mato Grosso de Jundiahy", a partir de 1615, como era denominado o extremo território ao Norte da Vila de São Paulo, que hoje compreenderia a região de Jundiaí, Campinas e todo o Nordeste do Estado até a divisa com Minas Gerais no Rio Grande. Já o topônimo “Jundiaí” decorre do tupi "Yundiá-y"que significa "rio dos Jundiás", um peixe fluvial da família das silúridas, segundo Theodoro Sampaio. Elevada à condição de Vila em 1655 e à categoria de cidade em 28 de março de 1865, já nas décadas seguintes, seguia a vocação de ser uma estratégica área de entroncamento ferroviário. Hoje Jundiaí além de ser conhecida como a “Terra da Uva”, é nacionalmente reconhecida como a “Capital Nacional da Logística”, em razão da privilegiada localização, distante 40 minutos de São Paulo e 20 de Campinas, e cercada por uma extensa malha viária. Considerada uma região próspera no estado de São Paulo, Jundiaí ocupa o sétimo lugar no ranking do produto interno bruto do estado e é a nona cidade com a melhor qualidade de vida do Brasil. Fonte: IBGE e site wikipedia

O Tabelião

O Tabelião de Protesto é agente público, dotado de fé pública, a quem é delegado o exercício da atividade notarial por meio de aprovação em concurso público, consoante os termos do art 3.º, da Lei nº 8.935,  de 18 de novembro de 1994, e art. 236 da Constituição Federal.
Assim, sua atividade é regulamentada pelo Poder Público e, desta forma, está sujeita à fiscalização do Poder Judiciário, por meio da Egrégia Corregedoria Geral da Justiça do Estado de São Paulo e Juízes Corregedores Permanentes. Todavia, a administração do cartório e as despesas a ele atinentes cabem somente ao Tabelião, sendo de sua total responsabilidade a boa condução dos serviços prestados na serventia.


O Tabelião de Protesto em Jundiaí

O Tabelião de Protesto de Letras e Títulos de Jundiaí foi criado pelo Provimento nº 747/2.000, do Conselho Superior da Magistratura de São Paulo, que desanexou o serviço de protesto das atribuições dos  Oficiais de Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e Civil de Pessoas Jurídicas da comarca.

A partir de 01/10/2001, a atribuição da especialidade de Protesto foi unificada em um único cartório: o Tabelião de Protesto de Letras e Títulos de Jundiaí, cuja circunscrição abrange os municípios de Cajamar, Campo Limpo Paulista e Itupeva.
Tabelião de Protesto de Letras e Títulos de Jundiaí
(11) 4806-5555
(11) 48065566
Rua Hilda Del Nero Bisquolo, 102 - 14º Andar
Ed. The One - Jd. Flórida, Jundiaí - SP CEP: 13208-703
Horário de atendimento de Seg. à Sex. das 9h00 às 16h00
Localização